Atuação

Integração de Soluções de Tic

Integração de Soluções de Tic

É função do PRODERJ promover a integração e racionalização dos processos e soluções que contribuam para implementação da Política de Governo na área de TIC.

Infraestrutura Tecnológica

Infraestrutura Tecnológica

O PRODERJ atua nas definições de padrões técnicos, consultoria e no fornecimento essencial de infraestrutura para o ambiente de tecnologia da informação do governo do Estado do Rio de Janeiro, provendo aos órgãos e entidades da administração pública todo o suporte necessário de infraestrutura de tecnologia de alta disponibilidade, considerando o melhor aproveitamento dos recursos da administração pública.

Desenvolvimento de Sistemas

Desenvolvimento de Sistemas

O PRODERJ atua em sua área de desenvolvimento de sistemas como um provedor de soluções de TIC, tendo como principal objetivo prestar um serviço de qualidade ao cidadão. Com grande know-how nas mais diversas plataformas e visando atender aos clientes da administração pública do estado do Rio de Janeiro, a autarquia conta com uma equipe multidisciplinar, composta por profissionais especializados em diferentes áreas.

Inclusão Digital

Inclusão Digital

O PRODERJ tem como objetivo melhorar a qualidade de vida da população fluminense desenhando e viabilizando projetos de acesso à Internet e capacitação de cidadãos que ainda não estejam familiarizados com o seu uso.

Governança da Informação

Governança da Informação

Planejar e desenvolver o conjunto de normas, diretrizes e controles para assegurar o valor, a qualidade e o compliance das informações, identificando e analisando os riscos no complexo ambiente informacional. Além disso, trabalhar para auxiliar a administração pública no compliance às legislações inerentes ao Direito Digital, com ênfase na Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Governo Digital

Governo Digital

É papel do PRODERJ projetar, planejar e implementar progressivamente a digitalização dos serviços oferecidos hoje na forma presencial ou que exijam alguma interação física por parte do cidadão, proporcionando, além do aumento na eficiência e eficácia dos serviços prestados à população, um melhor alocação dos recursos financeiros oriundos dessa eficiência em setores críticos como saúde, educação e segurança pública.