Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Rio de Janeiro
 

Notícia  
Proderj oferece novo modelo de consulta a processos
20/07/2007 - 16h41


Por Júlio Trindade

A partir de hoje (20/07), o sistema UPO (Controle de Processos e Documentos) – utilizado tanto por cidadãos quanto por servidores estaduais para controlar o andamento de processos e documentos protocolados nos diversos órgãos do governo fluminense – está aberto também a consultas pelo nome parcial do interessado. Até então, a solução web desenvolvida pelo Proderj – e tornada de utilização obrigatória para a administração pública estadual direta e indireta desde 2002 – só permitia consultas pelo nome completo da parte envolvida, pelo número do processo ou do documento gerador.

O novo modelo de pesquisa permite que os andamentos dos processos sejam checados somente com a informação de parte do nome do requerente. Por exemplo, se for digitado o nome “Jorge”, serão listados todos os processos cujos nomes dos interessados iniciam por esta palavra, em ordem alfabética. Outra facilidade permitida pelo novo sistema é que, a partir de agora, não será necessário informar o ano do processo, como acontecia na busca por nome completo do interessado. Portanto, aparecerão todos os processos relacionados àquele nome, independentemente da data de autuação.

Além de facilitar a vida de milhares de cidadãos e servidores fluminenses, a nova forma de pesquisa oferecida pelo UPO também visa a auxiliar advogados que, eventualmente, não tiverem certeza do nome completo do cliente ou da empresa que defendem.

Atualmente, o sistema UPO conta com 87 órgãos e secretarias clientes – estando também disponível para prefeituras e empresas da administração municipal que solicitarem sua implantação – e é acessado cada vez que um funcionário de uma das entidades estaduais cria, altera ou movimenta um processo administrativo. Por esta razão, ele chega a registrar um volume médio de 78 mil processos criados e 890 mil acessos mensais.

Desde 2002, o sistema já permitia ao usuário acompanhar a movimentação de seus processos – relativos à aposentadoria, multas de trânsito ou incorporação de gratificação, por exemplo – através de mensagens automáticas enviadas para uma conta de e-mail cadastrada. Segundo a gerência de Suporte a Sistemas Corporativos do Proderj, cerca de 30 mil e-mails são enviados mensalmente com esta finalidade.



Tecnologia PRODERJ - Todos os direitos reservados