SECRETARIA DE ESTADO DA CASA CIVIL E GOVERNANÇA
IMPRENSA
 
Voltar
Anterior
Próximo
18.06.2020 - 10:00 | Por Luiz Queiroz
TI
PRODERJ prepara nova rede corporativa visando otimização dos serviços e redução nos gastos do Estado

Com foco na otimização dos serviços prestados e na redução dos gastos públicos, o Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Rio de Janeiro (PRODERJ) está preparando um projeto de uma nova rede corporativa, denominada Infovia 3.0, para atender ao Governo do Estado. O Infovia 3.0 permitirá a utilização de novas tecnologias, como a telefonia IP, mais conhecida como VoIP (Voice over IP), onde a ideia é substituir os contratos de telefonia fixa, tornando este serviço parte do contrato de links.

 

Como essa nova rede ainda será licitada, o PRODERJ assinará esta semana, com a concessionária de serviços de telecomunicações Oi, um novo contrato referente à rede atual (Infovia 2.0). Este novo contrato contará com uma redução significativa no seu valor em comparação ao anterior, em virtude de uma determinação do Presidente do PRODERJ, Mauro Farias, para que a Gerência de Rede e Telecomunicações (GRT) realizasse estudos de utilização e possibilidades de redução da velocidade de cada um dos mais de 1.900 circuitos ativos. Principalmente em virtude do cenário de pandemia, houve uma redução drástica na utilização por conta do funcionamento dos órgãos e secretarias em regime de home-office, e também, pela imprecisa perspectiva de retorno aos trabalhos presenciais, o que possivelmente manterá em níveis baixos esse consumo dos links pelos usuários.

 

Outra demanda passada para área técnica pelo Diretor de Infraestrutura Tecnológica, Carlos Viana, é de que esta gestão do consumo dos links seja feita de forma mensal, com a inclusão de cada um dos links nos sistemas de monitoramento e de atendimento recentemente implantados. Com isso, será possível detectar de forma ágil as subutilizações dos links e propor aos clientes as reduções de velocidades ou até mesmo aumentos em caso de alto consumo, visando uma melhor adequação dos serviços à realidade de cada usuário.

 

Uma atualização que também estará disponível com a nova rede serviços de segurança da informação é que os links de conectividade serão entregues com ferramentas de análise do tráfego e alertas de segurança, que serão tratados por equipe da operadora que ficará residente no PRODERJ. Este item será oferecido pela Oi já no âmbito do novo contrato do Infovia 2.0, para fins de avaliação, sem custo adicional à autarquia. “Dessa forma, já teremos em diversos clientes este monitoramento proativo e alertas de segurança que servirão para detectar incidentes de rede e permitir a atuação rápida e eficiente, evitando assim que se espalhe para outros órgãos participantes da rede”, explicou Daniel Luzente, gerente da GRT.

 

“Esse trabalho de mapeamento e otimização dos serviços realizado pela DIT e pela GRT é inédito no PRODERJ. Graças a ele, iremos assinar o novo contrato já com uma ordem de serviços correta, exatamente do tamanho da necessidade do Estado. A economicidade deve sempre pautar as soluções desenvolvidas pela autarquia e, sendo assim, nossos esforços têm que estar voltados para a otimização dos serviços e a desoneração dos cofres públicos”, destacou o presidente Mauro Farias.

 

Anterior
Próximo

Tecnologia PRODERJ - Todos os direitos reservados