SECRETARIA DE ESTADO DA CASA CIVIL E GOVERNANÇA
IMPRENSA
 
Voltar
Anterior
Próximo
06.11.2019 - 11:38 | Por Daniel Cunha
Eventos
PRODERJ é parceiro no desenvolvimento do sistema de gestão para o programa Poupança Escola

A Prefeitura de Niterói lançou, nesta terça-feira (05/11), no Teatro Popular Oscar Niemeyer, o Programa Poupança Escola. O Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Rio de Janeiro (PRODERJ) é parceiro no desenvolvimento do sistema de gestão que atende ao programa. A solução permite o controle detalhado deste importante projeto, que possibilita aos estudantes que moram em Niterói e estão matriculados em escolas públicas na cidade, o recebimento de um incentivo financeiro para conclusão do ensino médio e fundamental.

 

- Não foi fácil tirar este projeto do papel, mas o trabalho integrado das secretarias e as parcerias com o PRODERJ, a Caixa Econômica e a Câmara de Vereadores foram fundamentais neste processo. Esse é um programa de investimento na juventude - afirmou o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves.

 

- Este é mais um exemplo de como podemos contribuir para a modernização da gestão pública através do uso da tecnologia. Essa é uma preocupação constante do PRODERJ. Gostaria de agradecer o apoio e a parceria da Prefeitura de Niterói durante o desenvolvimento dessa ferramenta que atende diretamente o cidadão – ressaltou o presidente da autarquia, Guilherme Telles, que destacou o empenho da Diretoria de Sistemas de Informação (DSI) durante todo o desenvolvimento.

 

A iniciativa prevê o pagamento de um auxílio anual de até R$ 1.200 a estudantes da rede pública municipal, estadual ou federal de Niterói que estejam cursando o 9º ano do Ensino Fundamental ou qualquer um dos anos do Ensino Médio Regular ou Profissionalizante Integrado. Para participar e conferir todas as regras, o jovem deverá fazer sua adesão no site www.poupancaescola.niteroi.rj.gov.br. Para realizar a inscrição, os alunos precisarão ter em mãos os seguintes documentos: CPF; número do NIS; Carteira de Identidade; comprovante de residência. Caso o estudante tenha menos de 18 anos, será necessário apresentar também os mesmos documentos de um representante legal. Em seguida, ele será orientado a abrir uma conta poupança em seu nome.

 

- Queremos que o jovem acredite no seu potencial e que a jornada no Programa Poupança Escola seja marcada pelo protagonismo, participação e responsabilidade. O projeto contribui para a melhora do desempenho e rendimento escolar, estimula a frequência e reduz a evasão escolar. São esses fatores que trazem mais proteção e reduzem os índices de criminalidade na juventude. Com isso, incentivamos a autonomia do jovem na tomada de decisões sobre o seu futuro - afirma Ana Vieira, gerente do programa.

Anterior
Próximo

Tecnologia PRODERJ - Todos os direitos reservados